Obturador da câmera, como funciona?

Quando buscamos fotos mais técnicas e com qualidade superiores às feita com, por exemplo, um modo automático de uma câmera DSLR, nos deparamos com os 3 pilares que compõem o modo manual. Se você souber utilizar corretamente a sensibilidade (ISO), abertura do diafragma (“aperture”) e velocidade do obturador (“shutter speed”), metade do caminho para suas fotos ficarem incríveis já está feito!

 

Vamos então ao foco deste post, entender como funciona o obturador da sua câmera.

O obturador está localizado atrás da lente, no corpo de sua câmera. Basicamente, sua função é controlar a entrada de luz. Ela faz isso através da velocidade da sua abertura.

Se pararmos um pouco para pensar já podemos chegar a conclusão que quanto maior a velocidade desta abertura, maior luz passará para o sensor da câmera. Simples assim.

Vamos a um exemplo bem prático.

Na figura abaixo vemos 8 fotos tiradas com a mesma abertura e com o mesmo ISO. A única diferença entre elas é a velocidade com que o obturador ficará aberto. Como mencionamos antes, quanto maior é esta velocidade, mais “clara” ficou a foto, pois entrou maior quantidade de luz.

 

 

Como saber a velocidade do obturador adequada?

Para isto, precisamos entender melhor como funciona o ISO da câmera, fator que está associado diretamente ao obturador. E é claro, ter a noção da quantidade de luz que está expondo o objeto fotografado.

Para saber exatamente como está o ajuste da câmera em termos de luz, temos o chamado “fotômetro“.

O fotômetro possui uma escala onde identifica as condições de luz do ambiente. Nela você pode, por exemplo, identificar se a foto ficará superexposta (clara demais) ou subexposta (escura demais).

Na figura abaixo vemos como fica a mesma foto em cada situação.

 

 

Quer saber mais sobre as técnicas de fotografia?

Recomendamos o curso online da Wfour cursos! Saiba mais em:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *